Lave sua alma num banho de cachoeira em Tapiraí – SP, Brasil

Resumo: fuja no fim de semana para Tapiraí, pequeno paraíso escondido no interior do estado de São Paulo e encontre a paz em meio à natureza e seus encantos. Dormindo aos sons de sapos e cigarras, acordando com pássaros cantando e renovando as energias num refrescante banho de cachoeira.

  • Local: município de Tapiraí, São Paulo – Brasil (fica a 135km da capital e pertence a região metropolitana de Sorocaba).
  • Duração: 2 dias
  • Características: área de mata atlântica com a maior parte do território tombado como Área de Proteção Ambiental – APA. Suas florestas, abrigam muitas animais raros principalmente pássaros atraindo observadores para a região. As trilhas são tranquilas e de distâncias curtas atravessando riachos, quedas d’água e cachoeiras. O ecoturismo tem ajudado o município a recuperar seu ecossistema. Recomendamos o acompanhamento de um guia nas primeiras visitas para obter conhecimento das trilhas.
  • Itens essenciais: roupas claras de preferência (as mutucas tem um gosto especial por roupas pretas rs), água potável, lanches e seu kit de trilhas (confira aqui os itens básicos).
  • Data: Janeiro/2015.

ROTEIRO DA TRILHA

DIA 1

Cachoeira do Chá Tapiraí São Paulo
Cachoeira do Beija-flor – Tapiraí, São Paulo
  • Saímos de São Paulo no final da tarde de uma sexta-feira e chegamos em Tapiraí em pouco mais de 2 horas. Ainda estava claro e aproveitamos para dar um pulo na piscina da pousada pois estava muito calor.
Noite estrelada em Tapiraí São Paulo
Noite estrelada na Pousada Salve Floresta – Tapiraí, São Paulo
  • Com a chegada do pôr do sol, os insetos começaram a aparecer mas um bom repelente dá conta do recado. Sapos e cigarras iniciam sua sinfonia de barulhos e você percebe que está fora dos centros urbanos, o que se intensifica quando olha para o céu e enxerga milhares de estrelas.
  • Bate o sino (a pousada bate um sino para convidar os hóspedes para as refeições) e jantamos uma comidinha bem caseira e saborosa.
  • Fomos dormir e acordamos com a natureza toda empolgada. Dessa vez eram os diversos pássaros voando e cantando. Tomamos o café da manhã, pegamos o lanche de trilha, abastecemos os cantis com água e participamos do Workshop de Fotografia da Natureza que aconteceu na própria pousada.
  • Partimos para a trilha que tinha como objetivo conhecer a Cachoeira do Beija-Flor.
  • O caminho é de fato uma tentação para os amantes de fotografia: riachos, flores, borboletas, cogumelos… Como estávamos com um grupo de fotógrafos, passamos o dia inteiro fazendo essa trilha que é curta mas ninguém resistia a essas tentações e as paradas eram constantes e longas rs
  • Chegamos à Cachoeira do Beija-Flor: linda e refrescante. As crianças são sempre as mais corajosas e já pularam para um mergulho. No final, ninguém resistiu e todos foram lavar a alma nas quedas geladas e relaxantes. Se você sentar embaixo das quedas receberá uma massagem grátis de intensidade forte nas costas! Muito bom!
  • Voltamos para a pousada, tomamos um chá da tarde, jogamos papo fora… clima delicioso de interior!
  • Depois do jantar, participamos de uma apresentação sobre o tratamento das fotos que foram tiradas no Workshop de Fotografia da Natureza, observamos um pouco as estrelas e fomos dormir.

DIA 2

Cachoeira Tapiraí São Paulo
Cachoeira do Tombo – Tapiraí, São Paulo
  • No segundo dia de passeio, dividimos o grupo em fotógrafos e não fotógrafos pois o ritmo de caminhada era bem diferente! rs Ficamos no grupo dos fotógrafos!
  • Passando num dos riachos, avistamos pegadas de anta e onça que devem ter passado por ali para beber água. Fotografamos algumas pequenas quedas d’água e logo chegamos na Cachoeira do Tombo. Ela é menor que a Cachoeira do Beija-Flor mas é igualmente divertida. Dá para ficar entre as rochas e a cortina de água à frente pois ela forma uma mini caverna e dá para descer de escorrega. A Cachoeira do Tombo forma um lago raso e delicioso ao seu redor aonde as crianças ficaram brincando.
  • Tiramos mais algumas fotografias das belezas da fauna e flora e voltamos para almoçar na pousada.
  • À tarde ainda tivemos um tempinho para nadar na piscina. Depois arrumamos nossas malas e partimos para a estrada de volta à São Paulo revigorados após este final de semana!

Dicas:

  • Quando ir: durante o verão os dias são muito quentes e as noites são mais frescas. No inverno, o frio é rigoroso e alguns dias a temperatura mínima pode chegar próxima a 0ºC ocorrendo até geadas e devido a escassez de comida nesse período é possível realizar a observação de várias espécies de aves como pica-pau, saíra, socó etc.
  • Aonde ficar: há várias opções de pousadas e chalés em Tapiraí. Nós ficamos na pousada Salve Floresta e recomendamos! Se você quiser tranquilidade, lá é o lugar pois não é necessário se preocupar com nada. Há refeições inclusas nas diárias (inclusive lanches de trilha), há opções de quartos individuais e chalés para a família e eles oferecem o serviço de guia para as trilhas. Além disso, tem piscina e redes irresistíveis para o lazer e descanso.
  • Links de interesse: fizemos o Workshop de Fotografia de Natureza com o Click Natureza. Se você curte fotografar, pode unir o útil ao agradável e aprender mais sobre essa arte fazendo trilhas em lugares inspiradores.

Galeria de imagens: 

Quer descansar e recarregar suas energias? A dica é vá para Tapiraí e tenha um passeio relaxante e sua disposição renovada.

Lu | Trilheiros.net

Blog para quem ama aventuras explorando novos lugares, curtindo a natureza e aproveitando a vida

Um comentário em “Lave sua alma num banho de cachoeira em Tapiraí – SP, Brasil

Deixe uma resposta