Thamel e Garden of Dreams – Kathmandu, Nepal

Thamel é o paraíso dos trilheiros e foi nossa escolha de hospedagem no Nepal. Aproveitamos para conhecer o Garden of Dreams um lugar cheio de paz para relaxar no primeiro dia de viagem.

Enfim chegamos no dia 18/Setembro no Nepal ansiosos para conhecer e explorar sua capital Kathmandu durante nossa primeira visita à Ásia. Tivemos uma semana para isso e para realizar os últimos preparativos rumo ao trekking até o Campo Base Everest.

Às 9h am aterrissamos no aeroporto aonde encontramos nosso guia Ramesh que nos levou até o nosso hotel que fica no bairro Thamel. Só fizemos check-in e já saímos para conhecer as redondezas.

Andamos pelas ruas tomando todo o cuidado para não ser atropelados rs no meio de carros, tuks tuks e motocicletas. Seguimos para trocar dinheiro e beliscar alguma coisa pois já era quase meio dia do horário local. Como a gente não tinha tomado um café da manhã descente nos vôos pela diferença dos fusos, pedimos um brunch: omelete, torradas e café.

Ruas do Thamel em Kathmandu, Nepal |Trilheiros
Ruas do Thamel em Kathmandu, Nepal |Trilheiros

Durante o caminho, todas as ruas pareciam iguais com muitas lojas, comércios, restaurantes e bakeries (padarias e confeitarias). Voltamos para o hotel descansar um pouco, afinal viajar por quase 30 horas sem poder deitar na horizontal foi cansativo!

Mas combinamos de tentar ficar acordado e só dormir à noite para entrar no fuso horário local. Então à tarde saímos para visitar o Garden of the Dreams, um jardim bonito que fica no Thamel. Reparamos melhor no caminho e percebemos a quantidade de lojas com equipamentos para trekking, montanhismo, escalada, agências de viagens UAU um verdadeiro paraíso para quem gosta de aventura! Algumas lojas ofereciam produtos um tanto duvidosos pelos preços tão baixos (já tínhamos pesquisado sobre esses produtos genéricos rs). Até que passamos na frente de uma loja da Mountain Hardwear e do lado estava a North Face. Não resistimos e entramos para dar uma olhada rs Nossa, os preços chegam a ser menos da metade que no Brasil! Encontramos várias opções de roupas e equipamentos, mas não vimos a linha completa da Summit series, por exemplo…

No próximo quarteirão das lojas, fica o Garden of the Dreams (jardim dos sonhos em português) que é um verdadeiro contraste de paz em meio a poluição, trânsito e barulho das ruas. Vimos esquilos, lagos de carpas e fontes num lindo jardim. Paramos para tomar café e aproveitar o clima agradável do lugar para relaxar (entrada custa 200 rúpias/pessoa).

Garden of Dreams no Thamel, Nepal | Trilheiros
Garden of Dreams no Thamel, Nepal | Trilheiros

Era um domingo, considerado um dia comercial para os nepleses. Na volta para o hotel, vimos muitas lojas de artesanato, vendedores ambulantes e várias crianças voltando da escola. Chegamos no hotel um pouco atordoados com a quantidade de informação recebida rs A diferença de fuso e o cansaço da viagem batendo forte.

Crianças voltando da escola em Kathmandu, Nepal | Trilheiros
Crianças voltando da escola em Kathmandu, Nepal | Trilheiros

Decidimos sair para jantar e escolhemos logo de cara um restaurante de comida típica para experimentar (confira nossa seleção dos principais pratos e restaurantes que conhecemos no Nepal – em breve) que ficava bem próximo. Provamos o famoso Dal Bhat, uma espécie de feijoada só que com lentilhas no lugar do feijão e tomamos uma cerveja local.

Dal Bhat, prato típico do Nepal | Trilheiros
Dal Bhat, prato típico do Nepal | Trilheiros

Chegamos no hotel era umas 19h pm. Estava escuro e já não tinha mais barulho de buzinas na rua. Capotamos na cama.

Confira o vídeo desse dia no nosso Canal do YouTube:

Outras publicações do Nepal:

Chegando no Nepal

Nepal: cultura, curiosidades e atrações do país

Dia 1: Principais atrações de Kathmandu, Nepal: Thamel e Garden of Dreams

Dia 2: Principais atrações de Kathmandu, Nepal: roteiro a pé do Thamel até Durbar Square

Dia 3: Principais atrações de Kathmandu, Nepal: Monkey Temple

Dia 4: Principais atrações de Kathmandu, Nepal: Durbar Square de Patan e Bhaktapur

Dia 5: Principais atrações de Kathmandu, Nepal: Kopan Monastery, Boudhanath Stupa e Pashupatinath

Dia 6 – Preparativos para o Trekking ao Campo Base Everest, Nepal

Roteiro do Trekking até o Campo Base do Everest

Lu | Trilheiros.net

Blog para quem ama aventuras explorando novos lugares, curtindo a natureza e aproveitando a vida

Deixe uma resposta