Porque trilha faz bem

Como explicar porque eu gosto de fazer trilha? Uma atividade simples que traz tantos privilégios e aprendizados.

Andar durante horas carregando uma mochila pesada, dormir no mato, ficar sem banho e banheiro e na maioria das vezes sem sinal de celular! Tarefas básicas de uma trilha que preocupam e amedrontam a maioria das pessoas. Mas o que intriga mesmo é o fato de alguém escolher e curtir passar por tudo isso.

Sempre me perguntam porque eu gosto tanto de trilha. Apesar do aparente perrengue implícito dessa atividade, estar inserida na natureza é libertador.

Trilha Ataque Pico do Marins, SP | Trilheiros.net

Mais do que aprender a valorizar o conforto de um banho quente ou uma cama macia. Mas curtir e aproveitar pequenos detalhes com prazer consciente. Aquela água fresca quando se está com calor. Os primeiros raios de sol na pele numa manhã gelada. Algum tronco ou pedra perfeitos para um breve descanso.

Não é só uma válvula de escape para liberar energia e endorfina como uma atividade física. Ou a sensação de relaxamento após tanto exercício rs Nem somente a gostosa sensação de missão cumprida quando se atinge o esperado cume. Ganha-se uma leveza de espírito que te acompanha durante dias.

É mais do que uma prática que detém concentração como uma meditação para acalmar a mente. Ou uma busca para se encontrar. Mas conseguir clareza de pensamento para discernir e tomar melhores decisões conforme a sua essência.

Contemplando a paisagem de Aparados da Serra, SC e RS | Trilheiros.net
Contemplando a paisagem de Aparados da Serra, SC e RS | Trilheiros.net

Incrível como os efeitos da natureza são profundos. Olhar uma bela paisagem é inspirador, estar num contato próximo é surpreendente.

Trilhar é uma atividade simples, acessível e enriquecedora. Por fora se vê desconforto, insegurança e adversidade. Como explicar a satisfação interior? Só experimentando para entender.

Lu | Trilheiros.net

Blog para quem ama aventuras explorando novos lugares, curtindo a natureza e aproveitando a vida

Deixe uma resposta